terça-feira, fevereiro 21, 2006

Confirm Delete?

Ontem falei com alguém sobre Apagar/Não apagar sms especiais.

Eu sou muito apegado aos sms, talvez por ter dispersas as pessoas de quem gosto e ter necessidade de senti-las... mesmo na frieza de um sms

Até há pouco tempo era um dilema constante. Tinha apenas 10 sms no telemóvel e cada mensagem "a guardar" significava eliminar alguém ou algum momento do meu telemóvel. Mesmo que me lembrasse do texto, não era a mesma coisa. Parecia que se o lesse, o ouvia também!

Lembro-me que tinha uma mensagem, de um nº que nunca cheguei a gravar, e que dizia: "queres ir tomar o pequeno almoço à praia? passo aí daqui a pouco" .

Várias vezes abria aquela mensagem e imaginava um pequeno-almoço na praia... com aquela pessoa e sentia-me bem como se aquele convite valesse todos os dias.

Tenho ainda um mensagem que diz: "Quero q saibas q ja tou mto em divida pra ctgo.E q jamais esqueco td o q ao longo destes anos tens feito por mim.Se precisares d algo, seja o q for, basta dizeres"

É uma mensagem que me lembra o quanto alguém gosta de mim. Sei que se precisar dessa pessoa, R., lá estará. Now and ever

Outra que guardo diz: "Outro para ti. E hoje sabia-me bem dormir no teu peito"

Confesso que esta mensagem me desperta sentimentos menos poéticos mas que fazem também parte da vida :)

E uma grande verdade também me chegou por sms: "you can be yourself in the company of a true friend"(saiu-me no Baci q comi agora)

Uma mensagem que veio por telemóvel mas que por sua vez tinha vindo num chocolate. . É bom estar mais perto... mais perto de ti, de ti e de ti


E tu, tens alguma mensagem que hesites confirmar o DELETE?

6 Opiniões

Blogger dora said...

os sms inauguram a magnífica possibilidade de guardar fragmentos de intimidade num corpo - escrita - e no tempo que antes voavam à velocidade do som, mesmo que a memória quisesse agarrá-los.

Por isso a violência da obrigação de apagar sms por falta de espaço... por isso tantos caderninhos como apêndices pré-históricos aos tmvs, onde laboriosamente se copiam as tais mensagens especiais...
Só que não é nada a mesma coisa, por incrível que pareça, o écran e no tipo de letra tipificado que os tmvs oferecem denotam muito melhor a "pessoalidade" e a respiração do que é dito ( e imaginamo-lo sempre como um segredo )

quarta-feira, 22 fevereiro, 2006  
Anonymous Natacha said...

Guardo uma sms de 2001, que resiste: "Miga, a seguir a 1 dia mau, vem sempre um dia bom. o segredo é não desanimar!e a vida n nos dá só 1 oportunidade. dorme bem.jinho" Já perdi a conta as vezes que a li, é o meu hino de esperança.
Se me irrito apago as sms todas e o número do alvo da minha irritação :)
Mas sem dúvida há sms mt dificeis de apagar " Só quero dormir para te ver amanhã. É dificil esquecer o que o coração teima em lembrar. Só quero estar ctg..."

quarta-feira, 22 fevereiro, 2006  
Anonymous mainobo said...

Acho que é tópico muito pertinente, muito interessante... e muito abrangente :D Cã vão alguns exemplos pessoais: "axo giro dps d tanto tempo continuarms a komunicar tenho 1 sentimento mto especial p ti desejo t td d bom*" (Dez 2005) eh eh... e mais não digo :)

quarta-feira, 22 fevereiro, 2006  
Blogger medusa said...

é curioso que tambem nao sou mt de guardar mensagens.. costumo sim fixar quem as manda e em que momentos estas proprias sao mandadas..lembro-me simplesmente de um "estou aqui" num momento em que tudo e todos pareciam fugir em meu redor e navegava incerta em busca do meu destino que me parecia tão toscamente traçado... lembro-me de um "esta noite sonhei contigo" ou de um "lembrei-me de te mandar um beijo para te lembrares de mim" ou ainda "há tanto tempo separados e o que eu sinto por ti só aumenta".... memória de elefante? nao! apenas os pequenos momentos que compoem o nosso dia e que o tornam real e importante no momento em que mais julgamos que de nada valemos ou em nada fazemos a diferença...
guardo sim é todas as cartas que recebi até hoje e que gosto ainda de ler e continuar a mandar..
são mais pessoais e enviam para a outra algo de nós! enviam-lhe o nosso tempo, o nosso carinho, todos os minutos (mais do que o acto de escrever ums sms) que estivemos a pensar nela...a imaginar todos os seus gestos ao ler a carta... nao querendo fazer publicidade aos correios, sinto falta do acto de ir à caixa dos correios e retirar as novidades dos meus..

beijos ana

quinta-feira, 23 fevereiro, 2006  
Blogger Siddhichandra said...

És um mimo - Dizia um Danone que abri agora! Obrigado, Danone!

sábado, 25 fevereiro, 2006  
Blogger Siddhichandra said...

Gosto de gostar de ti - Dizia outro Danone :)

sábado, 25 fevereiro, 2006  

Enviar um comentário

<< Home

Click for Lisbon, Portugal Forecast