sábado, março 11, 2006

As Cariátides

Sou apenas curioso em arte.

Sempre me dei bem com pessoas da área das artes, vulgo artistas, achando-os fantásticos na busca da diferença. Enquanto na minha área as pessoas gostavam de ser iguais e destacar-se pouco, as pessoas de artes, pelo contrário, buscavam maneiras de estar na vida muito diferentes, por dentro e por fora. Tenho perguntado a vários amigos/conhecidos arquitectos ou escultores o nome daquelas figuras humanas que encontramos em vários edificios antigos a suportar varandas.

Ninguém me sabia dizer... até ontem que jantei com a Maria Morais, famosa escultora portuguesa. E ela disse-me o nome. Investiguei e apresento aqui os resultados. Fiquei fascinado com o que encontrei.


Tudo começou entre 421 a 406 a.c.

Mnesikles é o nome do arquitecto responsável pela contrução de um tempo que inspirou a obra de muitas gerações até meados do séc. XIX - O Erectéion.
Inserido no estilo Jónico, foi a última obra erguida na Acróplole, segundo o desenho de Péricles.

O Erectéion não se assemelha a um templo religioso grego, pois a sua estrutura está condicionada pelo terreno onde foi construído e pelas necessidades rituais em função das quais foi projectado.

Tinha quatro salas que terminavam em três pórticos exteriores muito diferentes, orientados para três distintas direcções. No entanto, as proporcões estão tão bem calculadas que o efeito é muito harmonioso, qualquer que seja a perspectiva. Os dois primeiros pórticos são jónicos, um principal com 4 colunas altissimas e esbeltas e capiteís muito elaborados, outro lateral com 6 colunas.

O terceiro pórtico é o Pórtico das Cariátides, tem 6 figuras femininas no lugar das colunas, e um entablamento jónico, com arquitrave de 3 bandas horizontais e um pequeno friso de molduras que recorda o Tesouro de Sifnos.

Cariátide designa a figura humana feminina que sustenta uma cornija ou arquitrave. Provém do grego Karyátides (etim. Raparigas de Cárias, cidade escravizada da Lacónia, ) O termo é referido por Vitruvio no seu 1º Livro de Arquitectura. As figuras são tão serenas que não parecem sustentar o poderoso entablamento que as protege. Recordam as mulheres mediterrâneas que ainda hoje vemos levar cestas e cântaros sobre a cabeça.

O Pórtico das Cariátides, no templo de Erectéion, marcou uma busca de novas soluções arquitectónicas na concepção do espaço, do suporte do entablamento e das mentalidades, desbravando o que é mais difícil de mudar.

Um templo com este pormenor tem por objectivo restaurar os antigos santuários destruídos pelos Persas na expedição de Jerjes, entre os quais os de Atenas, Poseidon, Cecreops e Erecteo. A lenda conta que houve uma competição promovida por Zeus, para escolher o deus patrono da cidade, na qual participaram Atenas e Poseidon. Cada um tinha que realizar um prodigio no cima da Acrópole. A deusa fez crecer uma oliveira no meio de um rocha e Poseidin cravou seu tridente jorrando nesse local uma fonte de água.

Cecrops, o primeiro soberano lendário da comarca de Ática(onde se encontrava Atenas) declarou vencedora Atenas dando um lugar privilegiado a Poseidon também.

Fica um Poema e algumas imagens de edifícios que as recordam

Exemplos posteriores de Cariátides:























9 Opiniões

Anonymous meiriele said...

oi, estou fazendo um trabalho e queria saber onde vc achou todas essas informações sobre as cariátides e se posso fazer uso do seu post (algumas partes) para o meu trabalho....

obrigada

terça-feira, 18 abril, 2006  
Blogger Siddhichandra said...

Oi

o artigo foi escrito com dados que sabia e uma mera pesquisa na internet. Realizei que não há quase nada em português sobre o assunto (na internet) e que a informação estava mt dispersa.

Fico contente que se inspire no meu texto e nas imagens: é livre de usar o que quiser, no entanto é mais digno para si que apenas se inspire e que não copie integralmente :)

18 aninhos (tudo é desculpado, claro)

Saudações lusófonas

Siddhy

terça-feira, 18 abril, 2006  
Anonymous Anónimo said...

excelente, muito bom mesmo

quinta-feira, 03 maio, 2007  
Anonymous Naty said...

Bravo,euxaristw poli (muito obrigada)trouxe algumas esculturas da Grécia nestas ultimas férias relacionadas com Medicina (minha área de trabalho)como Hipocrates e Asclépio . Fora desse tema,tambem as Cariátides das quais não tinha tanto conhecimento . Mais uma vez obrigada pelo esclarecimento. Naty

quarta-feira, 19 setembro, 2007  
Blogger Guiluisantunes said...

Não é exacto que não haja informações de cariátides, em português.

Maria Helena da Rocha Vieira é autora
do excelente livro "História da Cultura Clássica". Está lá TUDO!

Há venda na Fundação Calouste Gulbenkian - Lisboa

quinta-feira, 06 dezembro, 2007  
Blogger Ana Beatriz said...

oi
queria saber somente aonde consigo achar o resumo de tudo isso acima
muito obrigada

terça-feira, 12 agosto, 2008  
Anonymous Ricardo Silveira said...

Caro amigo, a sua pesquisa está muito boa, no entanto, aproveito para acrescentar que Cariátides são normalmente designadas as figuras FEMININAS, no caso de masculinas, é mais correcto ATLANTES, derivado do titã que julgo conhecer, no entanto, esta é apenas uma pequena erva num belo jardim. BOM TRABALHO!!!!

domingo, 20 dezembro, 2009  
Blogger Siddhichandra said...

Muito obrigado caro Ricardo Silveira pelo seu contributo. Não sei se na altura em que escrevi o artigo sabia dessa diferença, mas foi o Mestre Lagoa Henriques, que conheci, que me explicou.

Muito obrigado e um Feliz Natal!

Siddhy

terça-feira, 22 dezembro, 2009  
Anonymous BeaxD said...

Olá!
Esta informação foi-me muito útil. Porque tenho teste de História A daqui a uns dias e precisava de saber como se chamavam as majestosas figuras femininas que como tu dizes, parecem as mulheres mediterrânicas que levam cestos à cabeça.
Os Gregos começaram a esculpir as cariátides porque necessitavam de embelezar (ainda mais) alguns templos. Se reparares elas dão a sensação de movimento, têm o rosto sereno e parecem naturais. Era isto que eles procuravam : a naturalidade e a perfeição.

sexta-feira, 25 outubro, 2013  

Enviar um comentário

<< Home

Click for Lisbon, Portugal Forecast